Análise macro

2017 em análise: O risco político que não se concretizou

2017 foi um ano cheio de agitação política, mas, em última análise, os investidores mantiveram-se tranquilos e continuaram a empurrar os ativos de risco para níveis superiores.

17/01/2018

Em resumo:

  • Olhamos para trás, para um ano cheio de agitação política que, em última análise, acabou por não ser suficiente para eliminar os exuberantes preços dos ativos. Apesar disto, consideramos que 2017 mostrou a importância que a política pode ter e que de facto tem. As subidas registadas devidas ao alívio pela não concretização de riscos políticos foram prova disto mesmo.
  • Destacamos três temas essenciais para 2018. Os três deixam uma nota de prudência para os mercados acionistas e de crédito em 2018, mas os investidores poderão focar-se noutros pontos, pelo que, a pedido de várias fontes, acrescentámos as nossas opiniões sobre a bitcoin.